Início > Artigos > Desafios da saúde no Brasil

Desafios da saúde no Brasil


1. Educação e Capacitação de Mão de Obra
Viés: educação é vista do prima social, mas não do prisma econômico
• “Não tenho a menor dúvida de que o baixo crescimento do Brasil nos últimos anos está diretamente associado à baixa qualidade do ensino” – Edward Glaeser, economista e professor da Harvard University
• “Se o Brasil engrenar um novo surto de crescimento, vai parar por falta de gente qualificada para trabalhar” – Marcos Magalhães, presidente da Philips
• “Estou aflito com os baixos níveis educacionais do Brasil – estamos perdendo a corrida da competência no mundo globalizado” – Jorge Paulo Lemann, acionista da Inbev e da Lojas Americanas
Fonte: Revista Exame, ed. 877, 27/09/2006, p26

2. Cenário
• Crescimento das Informações em saúde – pressões sobre o profissional da saúde
– Produção científica
– Novos medicamentos
– Desenvolvimento tecnológico
– Acesso às informações pelos pacientes

3. Cenário – a situação
– Quem usa? É o paciente
– Quem decide o que é feito? É o médico
– Quem paga a conta? É o plano de saúde (operador)
– Quem presta o serviço? São os hospitais e laboratórios (prestadores)
– Quem é o cliente e quem é o fornecedor???

4. Cenário – novos paradigmas
– Modelo hospitalocêntrico X PSF / atenção básica
– Especialidade X Holístico (atenção integral)
– Doença X Doente (humanização)
– Doença X Saúde (prevenção e promoção)

5. Crescente competitividade
– Tecnologias não substituíveis (aumento custo)
– Relação com fontes pagadoras (diminuição receita)
– MBE – protocolos
– TISS
– Necessidade de profissionalização
– Acreditação hospitalar
– Busca por valor agregado – diferencial competitivo

6. Acreditação Hospitalar
– Métodos: ONA, JCI, Canadá
• ONA: 3 níveis
– N1 – acreditado: segurança e gestão de risco
– N2 – pleno: processos
– N3 – excelência: resultados
– Objetivo: melhorar a qualidade e ‘colocar no eixo’ a gestão do hospital

7. Como aumentar qualidade
• Acreditação hospitalar
• Melhorar a gestão do sistema
• Valor Agregado na saúde é o benefício (ou cura, ou melhora) ao paciente pelo custo do tratamento (Valor = Beneficio / Custo). (Porter)
• Especialização / convênios de gestão / franquias

8. O desafio da gestão
• Baixa profissionalização
– Falta de capacitação em gestão
• O papel da liderança
• Necessidade de investimentos

9. O desafio da educação continuada
• Atualizar (e formar) médicos e profissionais de saúde
• Grande contingente de técnicos e auxiliares em enfermagem
• Capacitar no local de trabalho, durante o trabalho
• Adesão às atividade de Centro de Estudos
– Falta de um modelo de gestão

10. Promoção da saúde
• “Prevenir é melhor (e muuuuuuito mais barato) do que remediar”
• Prevenção – Cura – Reabilitação
• Saúde não é ausência de doença. É algo a ser buscado em si.

  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: