Início > Release > O Sistema de Saúde Americano na Avaliação de seus Médicos

O Sistema de Saúde Americano na Avaliação de seus Médicos


A International Health Policy Survey, publicada em 5 de novembro na Health Affairs, constatou piores resultados e custos mais elevados do que em outros países.

 

Os Estados Unidos ficam atrás de outros países desenvolvidos em uma série de práticas de saúde, segundo um novo estudo internacional realizado com médicos americanos.

 

Dentre os pontos destacados da pesquisa, mencionamos:

 

  • Apesar dos maciços investimentos, 58% dos médicos relatam que seus pacientes não conseguem pagar os tratamentos
  • Os médicos dedicados à atenção primária possuem baixo índice de informatização (menos de 50% utiliza qualquer sistema de registro eletrônico, em comparação com 99 por cento na Holanda)
  • Metade relatou dificuldades no relacionamento com fontes pagadoras em relação a restrições sobre a assistência
  • Mais de dois terços dos médicos disseram que seus consultórios não podem tratar os pacientes após o horário comercial, ou seja, pessoas com problemas urgentes de saúde devem ir às urgências e PSs. Isso contrasta com outros países na pesquisa, onde tais recursos são mais comuns

 

“O estudo sublinha a necessidade urgente de reformas nacionais para fechar a lacuna de desempenho para melhorar resultados e reduzir custos”, disse Cathy Schoen, vice-presidente do Commonwealth Fund, que conduziu a pesquisa.

 

A pesquisa entrevistou mais de 10.000 médicos em 11 países da América do Norte e Europa, mais Austrália e Nova Zelândia.

 

Karen Davis, presidente do Commonwealth Fund, disse na nota de imprensa que “as barreiras de acesso, falta de informação e apoio financeiro inadequados para o cuidado preventivo e crônico minam os esforços médicos de cuidados primários

 

O inquérito não estava totalmente cheio de más notícias para os Estados Unidos, no entanto. Ele teve uma das melhores avaliações em relação ao tempo de espera para atendimento.

 

FONTE: Commonwealth Fund, nota de imprensa, 5 de novembro de 2009

  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: